Lajes para Construção em SP, Zona Norte

RESPONSABILIDADE TÉCNICA e SERVIÇOS 

A  cura constitui um fator importante. Deve ser sempre úmida, e nunca  exposta ao sol. A retirada das formas jamais poderá ser efetuada antes  de 72 horas de concretagem, mesmo sendo utilizados cimentos de alta  resistências iniciais.
O motivo de tal advertência é do comprometimento da aderência entre concreto e armaduras.
Os testes de cargas devem ser levados em consideração, pois estabelecem  com precisão a que ponto uma estrutura em lajes poderá ser levada à  ruptura.
Observados com o critério acima exposto, podemos nos conscientizar da  qualidade do produto, e sua aplicação em obras com coeficientes zeros  de erros, desde que sejam também observados, os fatores de utilização  em obras que deverão ser sempre orientados pelo engenheiro responsável  da mesma.

Entre os fatores mais comuns, que contribuem para o comprometimento da estrutura citamos:

1. Escoramento deficientes fora dos níveis e sem base de fixação nos solos, ocasionando desníveis nas lajes.
2. A inexistência de armaduras negativas, não observando os esquemas normais de montagem.
3. Armaduras negativas em posições incorretas.
4. Concreto de baixa resistência na capa de compressão.
5. Capas de compressão com alturas menores das especificações.
6. Desforma antes do tempo de cura.
7. Sobre-cargas além das previstas pelo fabricante.
8. Apoio insuficiente das viguetas sobre as paredes.
9. Vigas com engastamentos substituídas por apoio simples.

 

Trabalhamos com:

  • Lajes para Forro e Piso
  • Ferros para Construções
  • Colunas Armadas e Sapatas
  • Lajes Treliçadas H8 – H12 – H16 – H20
  • Materiais para Construções em Geral
Carregando...